terça-feira, 18 de setembro de 2007

RESSACA INDESEJÁVEL/INSPIRAÇÃO

Olá caros amigos e amigas virtuais,

e quem sabe um dia reais?Depois dessa ressaca de uma pizza indigesta que fomos obrigados a engolir a seco na quinta -feira vinda do senado, estou aqui de volta mas confesso que o corre corre está me dando uma escassez de criatividade.Também estou aqui porque eu simplesmente não consigo ficar longe daqui, de jeito nenhum...Mas apesar de não saber o que escrever,ando garimpando e recebendo preciosidades que me ajudam a dar inspiração para o sublime exercício da blogagem.

Nesses dias eu li dois livros de Lya Luft:"Perdas e Ganhos" e "Pensar é Transgredir" .Sem comentários , eu recomendo que vocês leiam não só esses livors mas outrras obras de Lya,pois ela escreve , para homens e mulheres,para todas as idades, e fico impressionada que o modo dela escrever parece que está interagindo e conversando, melhor :batendo um bom papo.São livros de leitura bem gostosa, onde você começa a ler e não pára,e quando o livro acaba fica com aquele gostinho de quero mais.Lya Luft trabalha com frases simples ,onde com certeza você irá se identificar com algumas situações ,pois a grandiosidade das coisas está na simplicidade, sem ser simplória, é claro.

Não pretendo parar por ai , pois estou esperando novidades numa biblioteca que tem aqui perto de casa,por causa da Bienal do Livro, um dos eventos culturais mais importantes e que faz parte do Calendário Oficial da cidade do Rio de Janeiro.Mas Janaina, porque você ainda não foi à Bienal do Livro?Confesso que na próxima eu irei, mas não sei o que está havendo o tempo está escasso.E quando sobra tempo é para descansar, mas tem vezes que estaou tão cansada que nem quero ligar o computador,acreditem... Posso até ficar com um pouco de preguiça ,mas abandonar esse cantinho NUUUUNCAAAA,ainda mais que agora está turbinado, ÉR RUIMMMM EIN...

Repito e recomendo:leiam Lya Luft, não vão se arrepender. Passando da literatura para o que tenho visto ultimamamente na TV, sexta -feira vi "Por Toda a Minha Vida" sobre Renato Russo,apresentado pela Fernanda Lima.Sobre Renato Russo eu simplesmente confirmei que trabalhando com seriedade, honestidade e simplicidade é possível evoluir sem precisar pisar nem machucar ninguém.Pensei que o segredo do sucesso do Legiõa Urbana foi trabalho,honestidade e paixõa pelo que faz(hoje me dia é bem estranho você falar sobre honestidade como uma qualidade , mas que na verdade é uma obrigação de todos nós).

O programa também me fez refletir sobre um post comunitário sugerido pela Micha onde o tema era "FAMA"(post feito em meu antigo blog).Pensei sobre o limite que você tem que ponderar sobre o trabalho do artista sem esquecer que...ele também é humano, possui dúvidas, alegrias e tristezas e também até que ponto as pessoas são capazes de chegar ao cúmulo do fanatismo(é uma palavra que tenho ojeriza,detesto).

Também conclui que não só eu mas todos nós já passamos por siutações semelhantes só que comuma diferença:o que acontece conosco,simples mortais, nõa passa na televisão, nõa passa nos jornais e não "vaza" na Internet,só isso...

Caramba!como escrevi, e sem inspiração nenhuma...

Mas mesmo assim,peço sugestões,se eu achar interessante eu pesquiso, "Jogo no Google",pois gosto de trocar idéiasde amizades, de interagir.Tenho muitas idéias mas me falta a danada da inspiração...

Um forte abraço para todos até a próxima.
Janaina de Almeida.

10 comentários:

Carla disse...

Lya Luft... sempre com textos ótimos... gosto muito!!!..
Eu tbem nunca fui a Bienal do Livro, mas adoraria...
Bjus...

DO disse...

O pouco que tenho lido dela,tenho que concordar com vc: é uma excelente leitura.
beijão e uma otima quarta!!

Carol disse...

Minha mãe adora ela!
Saudades de vc, gatinha!
Bjs!

Lulu on the Sky disse...

Lya Luft é ótima, inclusive ela é colunista da VEJA
Big Beijos

Julis disse...

Obrigado pelas dicas, vou procurar!

Lila Rose disse...

Lya Luft é legal, mas seus livros não estão entre os meus preferidos. Tô passando aqui para te matar de inveja e contar que Ivan cantou "Iluminados" com a Leila Pinheiro no show... não preciso dizer que o Vivo Rio foi abaixo, né???

Eu não fui a Bienal, nem vou. Mas, ganhei um presentinho do Espanhol que esteve por lá à trabalho: o livro "O Segredo do Anel - o legado de Maria Madalena". Claro que já comecei a ler e estou gostando, é no mínimo intrigante.

Bisous!

Claudio disse...

Já estou te devendo uma visita faz tempo, mas ando meio corrido e sem tempo até pata o JCF. Mas passei rapidinho só pra mandar um beijo e dizer que voltarei com a calma que vc merece para ler sua nova home.

bjs

Angela Ursa disse...

Janaína, quando eu morava no Rio, sempre que podia ia à Bienal do Livro e passava um dia inteiro lá. Beijos floridos da Ursa :))

Julis disse...

Pensei que já tinha atualizado, volto depois.

ana de toledo disse...

Adoro a Lya, janaína querida! E adorava o marido dela o grande hélio Pelegrino!
Super beijo