quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

ESTOU DE VOLTA

Prezados amigos e amigas virtuais,

andei sumida por mais de uma semana , o que mais me faltou foi ânimo mesmo para escrever.Não vou jogar culpa no Natal não, aliás porque esse ano foi um pouco difícil e um intensdo corre-corre.então, resolvi dessa vez fazer o inverso e só visitar vocês, e foi bom, porque me ajudaram a refletir e me inspiraram para blogar.

Sobre o Natal, lendo o blog da sábia Luma, me fez refletir sobre o verdadeiro significado do natal e mais:como somos egoístas, mesquinhos, inseguros e carentes...Sinceramente, esse ano cheguei até ao extremo de não quere comemorara nada.Só que pensei e pensei;será que nãoestou sendo infantil e egoísta?Nãoestou reclamando demais da vida? quantos não terão...Natal, nem saúde para comemorar essa data.

Lógico que avida não é nenhum mar de rosas e nem quero isso, pois quem nunca passou por dificuldades e não sofreu não viveu, foi simplesmente um espectro.Como escrito anteriormente:o ano foi difícil, mas estou com saúde, uma casa, uma cama, um computador para escrever minhas bobagens, ganhei muitos amigos, será que foi completamente ruim?Claro que não.

E vocês vão saber de algo agora:ainda mais no meu caso, que tenho a obrigação de garadecer por estar viva, pois meu aniversário é exatamente no dia 24 de dezembro.Pensando bem, é mais um motivo para eu festejar, pois é mais um ano que estou viva.Confesso que seria muita ingratidão de minha parte, pois tenho um afamília que me quer bem.Certos inimigos, esses sim é que querem ver minha caveira...

O Natal é uma data onde o principal é comemorar a vida e o nascimento do aniversariante principal que é Jesus.O pior é que muitos planejam a festa, compram presentes mas o convidado principal fica de fora...alguém gostaria de passar por um situação dessa?Imagine você, seus amigos planejando uma festa para o seu aniversário e não te convidarem?Pensem nisso...

Outro motivo que tenho para comemorar é que exatamente hoje completo 5 anos que conclui o curso de Arquitetura e Urbanismo na Universidade Federal do Rio de Janeiro(UFRJ),Cidade Universitária, Ilha do Fundão.

A história da Ilha do Fundão e do prédio da Reitoria onde estudei há um amistura de felicidade, nostalgia e tristeza, pois infelizmente no período da construção tanto da Cidade Universitária e das edificações, havia um compromisso humanitário frente à sociedade, e esses valores acabaram, se perderam.Os ideias de generosidade de espaços, preocupação com conforto e o meio ambiente e o completo descaso com as edificações refletem claramente isso, e incluindo um seríssimo problema que ocupa a mente de todo o Rio de Janeiro:a segurança.

A Ilha do Fundão localiza-se na margem direira da Baía de Guanabara. foi construída na década de 50, trata-se de um aterro de ilhas e um arquipélago e três praias impróprias para o banho.O motivo nem precisa explicar .



Ilha do fundão, vista aérea.Acervo jorge Machado Moreira, catálogo organizado por Jorge Czajkowski,Rio de Janeiro, 1999.

Sobre o edifício, estudei no Prédio da Reitoria, edifício projetado pelo arquiteto Jorge Machado Moreira, no ano de 1957.Considerado um dos grandes marcos da arquitetura moderna, o arquiteto o projetou de acordo com os ideais da época, com generosidade, pensando em grandes espaços, a integração com a natureza, conforto ambiental.Na época o aqreuiteto tinha uma função humanista perante a sociedade e imaginava a arquitetura ser um poder de transformação.

Só que esses valores foram perdidos.Lamentavelmente não só a Reitoria como toda aCidade Universitária está desvalorizada ,não há interesse me investir nessa área.Fico triste, pois uma das maiores universidades do país sofrer esse descaso.Certa vez visitei o escritório técnico da UFRJ, e há projetos maravilhosos para toda a Cidade Universitária.Penso mais:se o Rio de Janeiro pretende sediar as Olimpíadas, deveriam pensar na Cidade Universitária, seria muito bom para alunos, funcionários e estudantes...

Bom, será que ainda estarei viva para ver esse sonho se realizar?

fonte:Revista de Arquitetura Brasileira Vitruvius
Arquitetos:Olívia de Oliveira e Serge Butikofer

Um forte abraço para todos e tudo de bom,
Janaina de Almeida.

p.s.:como esse mês tenho muita coisa para comemorar, acho que terão uma oportunidade para me conhecer pelos posts que virão por ai.Um abraçoe podem deixar que não vou demorar para postar não,beijos.



20 comentários:

Olhos de mel disse...

Oie Jana! Que bons ventos a traga! Acontece d vez em quando esse desânimo. Normal!
Mas por aqui também, a Reitoria anda da mesma forma. Lamentável!
Sobre o Natal, não gosto, porque acho que virou um comércio. E é injusto com quem não tem nada para a ceia, nem para dar de presente aos filhos.
Bom fim de semana!
Beijos

Anônimo disse...

Tem mais é que comemorar muito o natal,o fato de vc estar bem de saúde já é tudo de bom.Eu adoro as festas de final de ano ..

Dê disse...

O coments acima é meu ....

Bruna disse...

Oi Janaina,

Comércio à parte, eu adoro esta época do ano, acho alegre.

Sendo cultura, nenhum político batalha pra conseguir verbas. É o mal do Brasil

Um beijo grande

Carol disse...

Gatinha, vc está certa, não podemos esquecer que o Natal não é dia de comer rabanada e abraçar as pessoas que esculacham a gente o ano todo.
Sucesso, sempre!
Sei como é esse teu sentimento com a faculdade, também sou ex-UFRJ e dá pena de ver o descaso com que toda a universidade é tratada...
Bjs!

Yvonne disse...

Jana, eu amo o Natal que sempre foi motivo de alegrias para mim, apesar dos três últimos terem sido péssimos, mas ainda assim eu curto muito com tudo que tem direito.

Minha linda, parabéns por você ter se formado em uma faculdade que merece um monte de elogios.

Quanto a tal história que você quer me contar por e-mail sem dizer o nome do santo, esteja certa de que eu sei perfeitamente bem de quem se trata, rsrsrs. Não nasci ontem, rsrsrs.

Beijocas

luma disse...

Eu adoro o natal, eu não matei a criança que existe dentro de mim. Não vou sofrer porque outros sofrem no natal e não vou me contaminar pelo lado comercial. Vou montar a árvore, vou rezar com minha família (ainda vou à missa do galo) e depois iremos ceiar. Pães, queijos e vinhos, tudo muito leve. O almoço sim, virão pessoas de longe. E essa confraternização da família é que dá o sentido de união, de reunir forças para enfrentar o próximo ano.
Jana, parabéns pela conclusão do curso. Tem muito que agradecer a Deus. Infelizmente as pessoas se apegam nas reclamações e esquecem de viver.
Bom fim de semana! Beijus

Lulu on the Sky disse...

Agradeça a Deus pela oportunidade de poder comemorar mais um natal e tb mais um ano de vida.
Big Beijos

dº-ºb disse...

Eu não gosto muito de Natal, mas pensando bem, esse ano o presente foi MUUUITO bom.

Como é que você está, guria? Sempre indo e voltando? Feito eu , não é?

Beijos.

Dono do Bar
http://the-mondo-bizarro.blogspot.com/

Ulisses disse...

sempre que tiver oportunidade, comemore sim. As vezes a gente não dá valor as coisas que temos... só damos quando perdemos. A vida é passageira, o natal de amanhã pode não ser tão bom quanto este, então aproveite.

Yvonne disse...

Menina, sonhei com você ontem, viu? Não me lembro de nada, mas era você. Beijocas

Olhos de mel disse...

Oie Jana! Passei pra lhe ver, desejar um bom domingo e uma semana maravilhosa!
Beijos

Julis disse...

ainda bem que voltou ebaaaaa

DO disse...

Pelo jeito não sou só eu que ando meio sem vontade,hehehe
beijão!!


http://www.ramsessecxxi.blogger.com.br

Casamento feliz disse...

Boa semana para vc !!!

luma disse...

Jana, sou péssima para pescar as coisas! Se quiser me dizer algo, meu e-mail luma2r@gmail.com
Beijus

lgresende disse...

Saúde é fundamental. Então, se a temos, temos mesmo de comemorar. Seja Natal, ou não.

Magui disse...

Não pode ficr pessimista.Toca a vida pra frente porque ela é complicada mesmomas , no final, dá tudo certo.Esse prédio da arquitetura é muito parecido com o de Belo Horizonte.Será que foi o mesmo arquiteto?
http://somagui.zip.net
Como vc não tem a opção OUTROS no seu coments sou obrigada a deixar o meu blogspot.

Angela Ursa disse...

Janaína, então você é uma aniversariante natalina :)) Este ano o espírito de Natal me pegou. Achei engraçado porque em outros anos não me sentia assim. O Natal sempre foi muito importante na minha infância porque representava afeto, união e alegria. Beijos da Ursa :))

Lula disse...

Oi Janaina!
Já estive aqui, mas não consegui comentar e nem ouvir Los Hermanos enquanto lia o texto.

Agora deu.

Beijão.

Some não!