sexta-feira, 1 de maio de 2009

"GUERREIROS NÃO MORREM JAMAIS"



Eu quero a canção mais bonita onde o grande poeta me diga
Que você não morreu, você não morreu
Você que alegrou nossas vidas
Nas manhãs de domingo e as corridas
Que você venceu, você venceu
Nunca vi meu povo sofrer tanto assim
Você, meu herói, era o orgulho deste meu país
E agora o que é que a gente vai fazer
Sem Ter você nas pistas pra torcer
Se tudo sempre vai lembrar você
Porque guerreiros são guerreiros, não dá pra te esquecer
Eu quero a canção mais bonita onde o grande poeta me diga
Que você não morreu, você não morreu
Você que alegrou nossas vidas
Nas manhãs de domingo e as corridas
Que você venceu, você venceu
Nunca vi meu povo sofrer tanto assim
Você, meu herói, era o orgulho deste meu país
Eu sei que agora a gente vai torcer por outros brasileiros podecrer
Mas eles sempre vão lembrar você
Porque guerreiros são guerreiros não dá pra te esquecer
Amigo é coisa pra se guardar... e você não morreu

Intérprete:Elymar Santos.

Parece que foi ontem e já passaram-se 15 anos e a saudade é a mesma.Sabem por quê?

Porque Ayrton Senna foi amor,foi luta,foi alegria.Quando ele se foi de uma forma abrupta e trágica,Deus o recebeu de braços abertos e agora com certeza está num lindo céu com cristo, nosso Pai.

Saudades sim, Tristeza não.

Um forte abraço para todos e tudo de bom, beijos,
Janaina de Almeida.


9 comentários:

Paula disse...

Nossa, 15 anos já? Mais que tudo ele foi um grande ser humano!
Bom feriado!
Bjos,
Paulinha

David Nascimento disse...

Esse valia a pena, eu me lembro do dia do acidente, foi o terceiro naquele fim de semana.
Ele deixa saudades.

luluonthesky disse...

Sempre fui fã do Ayrton, qdo ele faleceu chorei por 1 semana direto. Não tenho mais coragem de ler qq reportagem antiga dele q choro muito.
Big Beijos

Dani Antunes disse...

Nossa! 15 anos já?!
Passa voando, né?!

A gente ainda tem o Rubinho, né.

Opa! Quem é Rubinho!
Senna é insubstituível. E o Rubinho, completamente "ultrapassável". hauhaua

Bj

Karen Augusto disse...

Ayrton Senna foi o maior ídolo brasileiro. Também coloquei uma homenagem a ele no meu blog, pois ele merece!

Julis disse...

Quantas saudades eu tenho dele e parece que foi ontem né Jana?
Quinze anos já...
Mas heróis tbm nunca morrem

Menina do Rio disse...

1994. Lembro como se fosse hoje. Minha filha mais nova tinha 5 anos e adorava o Senna. Saudade sim. Muitas!

Um beijo querida

Grace Olsson disse...

janaina, saudades...nao esqueco nunca o dia em que esse rapaz se foi..que saudades dar, naoé mesmo?

OLha, eu estou lancando o livro. Sobre os refugiados e como sei que vc tem muitos amigos e adora ler...

Preciso de tua ajuda para divulgar.
bjs e dias felzies


os dados vc encontra no meu blog e no site d aeditora

www.editoranovitas.com.br

Kellen disse...

Eternas saudades..........
bjs